Cuidados ao comprar um veículo usado


Na hora de adquirir um carro usado, é preciso avaliar cautelosamente diversos aspectos sobre o veículo que se pretende comprar.

Para você não ser passado para trás, preparamos este post com algumas dicas funcionais para fechar um bom negócio. Vamos lá?

1.Teste o veículo

Fazer um test drive é um procedimento essencial ao comprar carros usados, tendo em vista que, como ele já roda há algum tempo, as possibilidades de existir algum problema são maiores.

Ao fazer esse teste, você consegue ter a impressão geral do carro, conforto, sentir a dirigibilidade, se o veículo faz barulhos estranhos de série.

Além disso, é importante descobrir se ele atende aos seus gostos pessoais em termos de design do painel e disposição dos controles, entre outros aspectos estéticos e funcionais.

2.Preste atenção ao ruído do motor

Se, ao acelerar, você notar ruídos estranhos e sentir o carro engasgando, pode ter algo de errado.

Nem todos os motores de carro fazem exatamente o mesmo barulho. Alguns são mais ruidosos, e há aqueles em que pouco se ouve o barulho, devido à própria vedação do veículo.

No entanto, uma coisa é certa: um motor que está em boas condições faz um barulho constante. Por isso, comprar um automóvel que apresente sinais de motor ruim não é um bom negócio.

3.Vistoria do veículo

Outro ponto importante é a vistoria veicular. Trata-se de um laudo que irá comprovar as reais condições do veículo até o momento em que esteve com o antigo proprietário.

A vistoria feita por um profissional é uma das melhores formas de garantir que o veículo que você está comprando não tem vícios ocultos. Além disso, pequenos defeitos podem ser encontrados, que servirão para negociar a compra a um preço mais baixo.

É bom verificar os freios, fumaça do escapamento, pneus gastos, emendas e rebocos escondidos, dentre outros detalhes.

Você pode e deve levar o carro a um mecânico de confiança antes de realizar a compra e solicitar uma inspeção mais detalhada no motor, por exemplo.

4.Quilometragem

Um critério importante na compra do veículo usado é a quilometragem do veículo.

Carros com baixa rodagem são mais valorizados, pois além de ter sido pouco usado, tem maior conservação e menor necessidade de manutenção.

5.Transferência de veículos

Provavelmente você terá que ir ao DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito) para efetuar a transferência. Ela será a garantia de que o carro agora pertence a você.

A opção de um despachante online também é interessante e pode ter custos reduzidos. Há serviços na internet que oferecem a resolução de toda esta parte burocrática.

6. Veja se o carro está regular

Para isso, você deve pesquisar no DETRAN da sua cidade se o carro tem pendências, como multas e IPVA atrasado. Outro ponto importante é saber se o carro é objeto de algum processo judicial, como as multas.

Enquanto o veículo não estiver regularizado, ele não pode ser usado, sob o risco de apreensão e perda de posse, sem reembolso.

Por isso, além de pesquisar se não há qualquer restrição, também é importante cobrar que o vendedor faça um download imediatamente. O ideal é que, no dia do fechamento, vendedor e comprador devem fazer juntos os procedimentos burocráticos.

Como uma última dica, recomendamos que se possível, compre o carro de um amigo ou conhecido. Isso porque caso ocorra algum problema, você saberá quem cobrar.

No caso de não ter um bom modelo disponível, escolha carros de concessionárias, que são mais seguros.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Post