Placa Mercosul- Tudo o que você precisa saber


Desde janeiro de 2019 as novas placas de veículos com padrão Mercosul começaram a ser utilizadas.

A placa Mercosul é o modelo de placa única para os todos os veículos licenciados nos países pertencentes ao Mercado Comum do Sul (Mercosul) – Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai.

Os modelos antigos das placas brasileiras consistiam normalmente na combinação de três letras e quatro números, além da informação de cidade e estado em que o carro está registrado.

Com a adoção deste novo padrão, muda-se a quantidade de letras e números, além do modelo da placa, que passa a incluir a informação do país em vez da cidade.

Pensando nisso, preparamos este post para tirar as suas principais dúvidas sobre o tema.

Boa leitura!

O que é a Placa Mercosul?

A Placa Mercosul é um novo formato no emplacamento da frota, que visa integrar o banco de dados de todos os países constituintes do bloco comercial sul-americano.

A padronização tem como objetivo facilitar o reconhecimento para o controle e supervisão de entradas e saídas, tanto no aspecto migratório como no fator de fiscalização criminal, agilizando a identificação de veículos “marcados” entre os países, por algum incidente ou transgressão.

A principal mudança da placa brasileira atual para a placa do Mercosul é a alteração das cores e da combinação de letras e números. Do cinza, os veículos mudam para uma placa com fundo branco e uma tarja azul.

Além disso, as placas passam a ter quatro letras e três números (LLL-NLNN), não mais como são atualmente, com três letras e quatro números (LLL-NNNN).

Estão presentes nela:

  • Emblema Mercosul
  • Nome do país
  • Bandeira do país
  • QR Code
  • Combinação de quatro letras e três números
  • Chip de Selo Fiscal Federal
  • Signo do Brasil
  • Marca d’água

A dimensão da nova placa é de 40 cm de comprimento x 13 cm de altura, exatamente a mesma da atual na maioria dos estados brasileiros.

Quanto custa a nova Placa Mercosul?

Fica a cargo de cada empresa de estampagem informar seu valor.

Com isso, em cada região do país – ou até dentro de uma mesma região –, será possível encontrar preços diferentes para as novas placas.

Quem precisa trocar?

A nova placa Mercosul é oferecida a quem quiser adotá-la voluntariamente em seu veículo e só é obrigatório o emplacamento com o novo modelo quando:

  • o veículo for 0km;
  • houver transferência para outro município ou estado;
  • houver mudança de categoria;
  • a placa for furtada ou danificada.

Entenda o que significam as cores na Placa Mercosul

Cores diferentes continuam sendo utilizadas para identificar a aplicação do veículo no trânsito. A grande diferença é que em todos os casos o fundo continua branco, mas os caracteres alfanuméricos variam de cor.

Veja abaixo o que cada cor de placa significa:

  • Caracteres em preto: veículo particular.
  • Caracteres em azul: veículo oficial.
  • Caracteres em vermelho: veículo para utilização comercial ou de aprendizagem.
  • Caracteres em verde: veículo em experiência ou teste.
  • Caracteres em dourado: veículo utilizado para atividades diplomáticas.
  • Caracteres em cinza ou prata: veículos raros ou de colecionador.

Quando as novas placas Mercosul entram em vigor?

As novas placas vêm sendo incorporadas ao trânsito brasileiro gradativamente. A partir de 2020, no entanto, todo novo emplacamento já está sendo realizado com este novo modelo.

O intuito é de que a transição para o novo modelo seja completamente finalizada nos próximos anos, sem sobrecarregar o sistema ou causar uma grande correria em busca das novas placas.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Post