Rodízio SP: Tabela Com Horários, Zonas, Placas e Como Recorrer Multa


O rodízio de veículos é um sistema adotado na cidade de São Paulo, cujo objetivo é fazer com que o congestionamento diminua nos horários de picos.

Essa medida não é adotada somente no Brasil, mas também em outros países, que veem nesse sistema uma opção para solucionar alguma situação que envolve a circulação de automóveis pelas vias.

No Brasil, quem circular com o veículo em dia de proibição é multado e recebe pontos na carteira, mas é possível recorrer dessas penalidades.

Neste post você vai entender tudo sobre o rodízio de carros. Acompanhe!

Como funciona o rodízio de carros?

O rodízio de veículos é uma medida que busca reduzir o número de veículos em circulação, a fim de gerar menos engarrafamentos.

O horário do rodízio é mais variável. Ele pode ser por algumas horas do dia, durante o início até o meio da manhã e no fim da tarde, horário de bastante movimento de entrada e saída de escola e trabalho.

Ou, ainda, pode haver restrição de circulação durante o dia inteiro.

O rodízio adotado na capital paulista funciona de segunda a sexta-feira e restringe a circulação de veículos de acordo com o final da placa.

Durante um dia por semana, cada veículo é proibido de circular no centro expandido durante seis horas. A medida é válida inclusive para veículos registrados em outros municípios.

A restrição está suspensa nos fins de semana, feriados e em ocasiões especiais como férias escolares do final de ano.

Qual é o horário normal do Rodízio em São Paulo?

O rodízio de carros acontece entre as 7 e 10 horas e, no período da tarde, das 17 às 20 horas, de segunda a sexta-feira.

Qual é o horário normal do Rodízio em São Paulo?

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o horário do rodízio municipal é das 7h às 10h e das 17h às 20h de segunda a sexta-feira.

A medida cobre os dois principais horários de pico na Grande São Paulo de segunda a sexta-feira.

Rodízio Horário
Livre circulação 00h01 às 6h59
Circulação restrita 7h00 às 10h00
Livre circulação 10h01 às 16h59
Circulação restrita 17h00 às 20h00
Livre circulação 20h01 às 00h00

Tabela com os horários, dias do Rodízio e mapa dos locais restritos

O rodízio em São Paulo opera de acordo com o número final da placa e um dia da semana correspondente. Veja:

  • Segunda-feira: placas com final 1 e 2;
  • Terça-feira: placas com final 3 e 4;
  • Quarta-feira: placas com final 5 e 6;
  • Quinta-feira: placas com final 7 e 8;
  • Sexta-feira: placas com final 9 e 0.

Rodízio para veículos pesados

Os veículos pesados são proibidos de circular, durante o rodízio, nas seguintes vias:

  • Marginal Tietê, em todas as suas denominações, no trecho compreendido entre a Ponte, Tatuapé e o Trevo de 32 – “Cebolão”;
  • Trevo de 32 – “Cebolão”, em toda a sua extensão;
  • Marginal Pinheiros, em todas as suas denominações, no trecho compreendido entre o Trevo de 32 – “Cebolão” e a Av. dos Bandeirantes;
  • dos Bandeirantes, em toda a sua extensão;
  • Affonso D’Escragnole Taunay, em toda a sua extensão;
  • Ministro Aliomar Baleeiro, em toda a sua extensão;
  • Complexo Viário Maria Maluf, em toda a sua extensão;
  • Presidente Tancredo Neves, em toda a sua extensão;
  • Malvina Ferrara Samarone, em toda a sua extensão;
  • das Juntas Provisórias, em toda a sua extensão;
  • Grande São Paulo, em toda a sua extensão;
  • Professor Luiz Inácio Anhaia Melo, entre o Viaduto Grande São Paulo e a Av. Salim Farah Maluf;
  • Salim Farah Maluf, entre a Av. Professor Luiz Inácio Anhaia Melo e a Ponte Tatuapé.

Quem está isento do Rodízio em SP?

O horário do rodízio não vale para:

  • Ambulâncias, Polícia, Bombeiros, Defesa Civil e Forças Armadas;
  • Veículos que transportam valores;
  • Carros do correio;
  • Carros de imprensa;
  • Carros de funerária;
  • Também não vale para caminhões de coleta de lixo e que transportam produtos perecíveis e perigosos;
  • Veículos de obras e prestação de serviços essenciais de redes de água/esgoto, energia elétrica, telecomunicações, gás canalizado.

Outros veículos isentos são:

  • Guinchos;
  • Carros que estão à serviço como da justiça, do conselho tutelar e do metrô;
  • Motociclistas;
  • Táxis;
  • Transporte escolar e coletivo.

Além disso, também são isentos os carros de médicos que retiraram a requisição para circular e veículos que estejam transportando materiais que impactam a saúde pública.

Qual o valor da multa do Rodízio?

A penalização para os motoristas que circularem em dia e local proibidos, é uma notificação de infração média, com perda de 4 pontos na carteira e multa no valor de R$ 130,16.

Como recorrer da multa por Rodízio?

Ao receber uma notificação por infração do rodízio, você tem o direito de defesa.

É possível recorrer junto ao DSV, explicando a justificativa para a prática da infração. Para isso, é necessário apresentar os argumentos que deveriam justificar o cancelamento da penalidade.

Caso a mesma não seja acolhida, você ainda pode recorrer à Junta Administrativa de Recursos de Infrações (JARI). Em segunda instância, é possível encaminhar a situação ao Conselho Estadual de Trânsito (CETRAN), que será responsável por julgar o novo recurso.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Post